Para explorar todo o potencial produtivo de nossos híbridos é preciso garantir o stand desejado com uma distribuição na linha de plantio.

Existem diversos tipos de discos e anéis disponíveis no mercado; a regulagem e a definição do conjunto disco/anel devem ser feitas conforme o híbrido, a peneira e com atenção ao lote. A cada safra a plantabilidade e a indicação podem mudar.

Para explorar todo o potencial produtivo de nossos híbridos é preciso garantir o stand desejado com uma distribuição na linha de plantio.

Discos de plantio
A nossa recomendação do disco é apenas uma sugestão para o início do plantio e para uma melhor qualidade na produção de grãos.

Vários fatores influenciam na escolha do disco de plantio: anel correto, manutenção e regulagens das plantadeiras, velocidade de plantio, tratamento de sementes e uso do pó de grafite.

Consulta
Informe aqui o lote e confira a sugestão de disco para o seu plantio.

  • Os testes para a escolha do disco e do anel devem ser feitos com a base distribuidora ajustada, sem folgas, observando cada linha.
    O sistema distribuidor, a caixinha e os roletes devem ser ajustados linha por linha.

  • O uso do pó de grafite na dosagem de 2 a 5 gramas por quilo de sementes é indispensável, mesmo que a semente já tenha polímero.
    O grafite lubrifica o sistema de distribuição, contribuindo muito para uma operação uniforme.
  • A semeadora é responsável pela implantação do empreendimento agrícola, que é a lavoura; sua manutenção deve estar em dia, sendo revisada a cada safra para substituição das peças gastas e defeituosas.

  • Não recomendamos escolher disco, anel e regulagens em carregadores ou pátio, pois essa prática induz a erros uma vez que o terreno é irregular e a plantadeira não está bem calçada no solo, o que não proporciona uma tração uniforme no sistema. Além disso as sementes não permanecem distribuídas como na linha de plantio, impossibilitando a visualização de possíveis falhas e sementes duplas.

  • O momento de plantio está sujeito a diversas variações, entre as quais destacamos o clima, os tipos de solo e a sua cobertura (palhada, resteva, pousio), por isso é  indispensável a conferência da operação várias vezes durante o plantio. Não faça amostragens muito próximas ao ponto de parada ou ao ponto de partida da semeadora, isso pode mascarar o resultado; amostre sempre mais de uma linha de lados diferentes, desenterrando as sementes edeixando-as no lugar para verificar a distribuição.

Antecipando a programação de suas atividades você reduz os erros em campo, evita a perda de tempo e melhora o rendimento de cada semeadora.

CONTE COM A NOSSA EQUIPE DE CAMPO. NOSSA SATISFAÇÃO É O SEU SUCESSO.